Calouros do Ritmo


CAPA E TEXTOS
Texto da capa do CD Remasterizado:
Com todo o gosto e prazer, ouviremos a remasterização do primeiro Iong-play paranaense:AI Saudade!, com os Calouros do Ritmo. Entre 1960 e 1965, Ruy Fernando, Luiz Cezar, Anadir e Rubem - e Pinho, por certo tempo - apresentaram-se semanalmente “ao vivo” na televisão do Estado, revezando-se entre os canais 6 e 12.
As canções eram exaustivamente ensaiadas na casa do meu sogro, Jahyr de Oliveira, com arranjos Intuitivos do Luiz Cezar e do Rubem, belíssimos solos do Anadir que junto ao Ruy Fernando, tornaram o vocal primoroso.
Vários amigos assistiam ao ensaio; dentre tantos, Ari Foatoura, que iniciou na teledramaturgia paranaense, e o jovem Juarez Machado, que fazia a cenografia de estúdio e pintou durante um ensaio, com graxa de sapato, um enorme painel na parede da sala.
O sucesso em limitado pela inexistência de vídeo-tape e de cadela nacional de traiismlssão.Ainda assim, os Calouros do Ritmo obtiveram reconhecimento generalizado, representaram oficialmente o Paraná em eventos culturais nacionais, apresentaram-se no Teatro Guaín&, participaram da Inauguração da TV Coroados de Londrina e cantaram em todos os bailes de gala promovidos pelos dubes de Curitiba. De minha parte, ganhei multas serenatas e os vizinhos saiam à rua para aplaudir.
Passados mais de trinta anos e mesmo exercendo atividades profissionais to distantes e afastadas de mundo artístico, os Calouros do Ritmo são Identificados por seu antigo público e sempre precisam justificar o fim do grupo, explicar detalhadarnente o que fazem e se ainda cantam.
Após desfeito o conjunto, meu marido Ruy Fernando experimentou situações curiosas, como a testemunha distraída que sorria para o juiz e, após admoestada pelo advogado, interrompeu tudo, desculpou-se e perguntou se o juiz não era cantor de televisão. Até um recente governador do Paraná identificou os irmãos juizes, com quem debatia publicamente, como os Calouros do Ritmo, pensando que invocar suas origens os desagradaria.
Pois a iniciativa deste relançamento, mais que uma homenagem pessoal, destina-se justamente a preservar essas origens, que também fazem parte da vida e das lembranças de tantos paranaenses.
(Curitlba-1999) 

Chiaria Elainejusten de Oliveira (esposa de Ruy Fernando)
Texto da Capa do LP Original: 
Para um Disc-Jockey, que diariamente organiza programas para Rádio e Tv é agradável incluir em seu esquema de trabalho produções de alto nível, em particular, quando elas provêm de gente nova com um futuro esplendoroso pela frente… Típico exemplo se materializa no conjunto “CALOUROS DO RITMO”.
Quatro rapazes do mais alto nível social, idealistas e possuidores de naturais intuições artísticas que, em pouco tempo, atraíram as solicitações gerais, e daí por diante foi um passo o seu ingresso no Rádio e TV onde militam e constituem as melhores audiências, há mais de um ano meio.
São quatro vozes altamente harmoniosas, que mais se parecem com as de veteranos. Todos jovens e universitários, que dão um colorido todo especial a esta cidade universitária. Vamos conhecê-los?
ANADIR DJALMA SALLES, solista;
RUBEM ROLIM, solista;
LUIZ CEZAR DE OLIVEIRA e
RUY FERNANDO DE OLIVEIRA. 

Quanto à seleção musical, pelas pesquisas observadas e que concordamos plenamente, é da melhor qualidade possível. Números novos e sucessos já consagiaelos, que galgaram o mais alto degrau da popularidade. Por exemplo: “Suave é a Noite”, que os Calouros do Ritmo apresentam cbm uma nova roupagem; “Que Lindo Dia Vamos Ter”, singela e antiga canção que deleitou nossos pais e continuará deleitando a atual e futuras gerações. Temos certeza’ “Horóscopo”, que todos vocês conhecem no ritmo de samba-canção, agora se apresenta em ritmo de bolero, gênero tão apreciado e difundido em nosso país.Afora tudo isso, frisamos com bastante bairrismo, que as demais peças escolhidas são inteiramente paranaenses, como também o é a foto da capa deste LP, traduzindo tudo de belo e poético que existe na Terra dos Pinheirais. 

INAMI CUSTODIO PINTO
Poderíamos comentar a beleza da harmonia e dos arranjos vocais e instrumentais, música por música; porém, preferimos guardar a surpresa para quando vocês escutarem o disco e constatarem por si mesmos.
Não poderíamos deixar de agradecer à equipe da Copacabana-Discos, pela oportunidade que nos ofereceu em podermos apresentar ao Brasil nossos artistas, nossas músicas e, principalmente, nosso primeiro LP Paranaense; bem como, ao maestro Hervé Cordovil, pelo esmero e carinho com que harmonizou as onze faixas, a nossa eterna admiração e o nosso melhor muito obrigado!
Finalmente, nossos parabéns ao Inami, que tanto conheço e acompanho sua luta em levar ao disco nossos valores, as coisas boas que existem em nosso Paraná, e por se constituir, agora, no mais jovem produtor da etiqueta Copacabana e, ainda mais, pelo esmero na escolha das melodias, capa e demais fatores que, tenho certeza, farão deste LP um SUCESSO.
Este seu comentarista, que há tantos anos milita na difícil arte que é a fonografia e que por centenas de vezes leu, lê e relê as contracapas de discos, sente-se feliz pela primeira vez em comentar e escrever uma contracapa, principalmente deste disco, O PRIMEIRO DISCO PARANAENSE, uma das coisas boas que o Paraná pode oferecer ao público discófilo do Brasil.
Se concordarem comigo, considerar-me-ei realizado no mister que há muitos anos me foi confiado. Bem, creio que já falamos o necessário.VAMOSAO LP!
Curitiba, 1963 

AZOR SILVA
(Disk-Jockey Paranaense)
Produtor: INAMI CUSTÓDIO PINTO
Orquestração: HERVÉ CORDOVIL
Foto Capa:JOSÉ KALKBRENNER FILHO
 
Eis um pouco, do muito, que fizeram por nossa música, por nossa arte, os notáveis “Calouros do Ritmo”. Mais uma vez, agradecimentos ao auxílio para a elaboração deste material, aos companheiros João Arnaldo de Oliveira e José Trindade.

Download - Ai Saudade! 
Saiba Mais Sobre os Calouros do Ritmo:http://www.josedomingos.com.br/2010/03/%E2%80%9Cvelhos-tempos%E2%80%9D-%E2%80%9Crecordar-e-viver%E2%80%9D-calouros-do-ritmo-um-otimo-conjunto/comment-page-1/

Um comentário:

Hilton Ronald Alice disse...

Realmente,o grupo Calouros do Ritmo é um marco musical na história artística do nosso Estado,o que na época do lançamento de seu lp,veio enriquecer sobremaneira a nossa fonografia,destacando o Paraná no cenário nacional.Minha maior admiração.Pianista Hilton Ronald Alice

Postar um comentário